Grãos são belos

posted in Artigos

Grãos são belos

Querido amigo,

Estive pensando a respeito da estética da fotografia e o por que dos grãos serem tão bonitos, especialmente quando se fotografa com filme.

Porque os plugins mais modernos e filtros tenta simular o aspecto do filme?

Não é interessante que você não vê por ai nenhum filme tentando emular o aspecto da fotografia digital?

A imperfeição é bela

Acho que uma das razões pelas quais eu mais gosto dos grãos, da estética do filme fotográfico, é porque a imperfeição é bela.

Com as máquinas fotográficas modernas, fotos acabam sendo muito nítidas. Perfeitas demais.

Penso que filosoficamente, a imperfeição é o que faz a beleza. Acho que coisas rústicas e gastadas tem uma beleza única. Amo a Luiza, minha esposa, não porque ela é perfeita. Amo suas imperfeições. São as imperfeições que me fazem ser mais paciente, mas comprometido e a ter mais empatia.

Aconchego

Tenho visto o interesse por discos de Vinil ressurgir. Não sou um maluco por áudio, na verdade não entendo muita coisa nessa área do som. Mas quando você escuta uma música em um vinil entende imediatamente o porque do interesse das pessoas nele. É a imperfeição do vinil que faz a música estar mais próxima de você, ser mais amigável e mais pessoal.

Quando escutamos a música em um vinil, percebemos ruídos e chiados. O áudio não está limpo e perfeito e de alguma forma são esses “defeitos” que potencializam e tornam a experiência musical mais rica.

E é por isso que é mais interessante trabalhar em ambientes onde há o barulho de pessoas, isso frequentemente te deixa mais criativo.

Quando fotografamos na rua, o som dos carros, pessoas, trânsito nos dão mais energia. É a vida em movimento. Não é de se admirar que sinto mais paz e tranquilidade em ambientes barulhentos do que em quando fico sozinho em silêncio.

 

_MG_6125

O grão é sublime

Minha impressão é que a textura do grão é algo sublime. No filme os grãos se distribuem de forma não uniforme, estão dispersos pela imagem dando uma vida única a cada fotografia.

Existem muitos simuladores digitais, alguns fazendo um trabalho melhor do que outros. Atualmente o que mais uso em minhas fotografias são os filtros da VSCO. Não que seja o melhor mas é o que gosto. Alguns simuladores de filme espalham os grãos de forma uniforme, enquanto os melhores fazem isso de forma não uniforme, o que dá mais beleza à foto.

Pode ser que os grãos forneçam essa beleza para as fotos pelo fato de dar um ar mais autêntico, mais real. O grão faz a foto ficar um pouco menos fácil de ser vista, menos clara. Assim como as memórias que temos, os pensamentos e a nostalgia do passado.

Outro ponto que não posso deixar de fora é o fato de que a busca pela perfeição técnica na fotografia rouba o foco principal que é o de congelar um momento único, capturar um sentimento e criar um recorte da realidade que traga lembranças significativas. Ao deixar de se preocupar com a suprema perfeição estética, ficamos mais sensíveis aos sentimentos a nossa volta e fotografamos assim com mais coração.

Então, para mim, acaba que o grão trás tanto beleza estética, como mantém a fotografia centrada em perceber e capturar os momentos mais belos possíveis