Fotografia experimental ou “Fotografando sentado”

posted in Artigos

Fotografia experimental ou “Fotografando sentado”

Há algum tempo atrás, estava em um chácara e realmente sem nada para fazer. Estava com minha câmera na mão e resolvi sentar em um banco embaixo de uma sombra muito gostosa. Fiquei ali olhando tudo que estava a minha volta e resolvi me desafiar. E o desafio foi conseguir o máximo de fotografias diferentes sem sair daquele banco. Eu tinha em mãos minha T3i, uma 55-250mm e todo o tempo do mundo. E assim comecei a capturar o que estava à minha volta.

Quando você fotografa eventos, suas fotos passam a seguir um padrão. Isso não é de forma alguma algo ruim, existem fotos icônicas que devem ser feitas de qualquer forma. Como o primeiro sorriso de um noivo ao ver sua noiva, o momento em que as alianças são colocas ou o beijo no altar. O problema é quando o costume te atrapalha a ver novas possibilidades de fotografia. Novos enquadramentos e composições. Então a proposta de fotografar sentando é de te desafiar a ver mais do que fotos comuns. É descobrir aquela foto que estava escondida bem ali mas que você não viu por falta de paciência e ver a beleza que reside no comum.

Essa foi uma forma minha de desenvolver meu olhar fotográfico e de aperfeiçoar o domínio da máquina fotográfica. Mal posso esperar pela oportunidade de fazer esse experimento outra vez!