Formas Geométricas

posted in Artigos

Formas Geométricas

Querido amigo,

Uma das coisas que sempre me deixa maravilhado no mundo da fotografia é o fato de que sempre existem coisas novas para se aprender. Ultimamente tenho me voltado a estudar técnicas fotográficas relacionadas a composição e gostaria de compartilhar uma delas, a geometria.

Eu não me lembro de ter brincado quando pequeno com aqueles brinquedos em que temos que encaixar as formas geométricas nos espaços vazios, mas como não tenho nenhum problema com isso hoje suponho que tenha brincado. As formas geométricas estão presentes em nossa vida desde muito cedo e por ser algo tão básico passa despercebido no dia a dia.

Pense a minha felicidade quando descobri que algo tão simples tinha um impacto tão grande na fotografia!? Confesso que num primeiro momento fiquei desconfiado mas com a pratica vi que ela tem um grande poder na hora de criar uma foto visualmente forte.

Um relógio se torna um círculo. Um prédio um gigantesco retângulo, ou um cilindro, aqui perto de casa tem um prédio assim. Um espelho, uma porta, um quadro, a antena, um dado, as rodas de um carro. Temos formas geométricas nos cercando por todos os lugares, basta parar e observar.


A essa altura você está provavelmente se perguntando, porque essas benditas formas geométricas são tão fortes assim na fotografia? 

Nós como seres humanos somos excelentes máquinas de reconhecimento de padrões. Sabemos reconhecer sentimentos, expressões faciais, situações, Tudo por meio da análise do que já aconteceu conosco e da comparação com similaridades anteriores. Como eu disse no início, as formas geométricas estão muito presentes em nosso cotidiano desde muito cedo. Logo as fotos que usam este recurso da forma correta se aproveitam de um conhecimento prévio existente na cabeça do observador de algo reconhecível.  Isto gera um sentimento de familiaridade muito grande, e normalmente o que é familiar é bom, é confortante.

Assim conseguimos uma simpatia quase que instintiva em relação ao nosso trabalho bem antes de que uma justificativa para esta simpatia possa ter sido criada na mente da pessoa que observa a fotografia.

Uma das coisas que você necessita para ser um bom fotógrafo é desenvolver um olhar de fotógrafo, e esse olhar envolve observar tudo o que é comum de uma maneira diferente. Faça o exercício de reconhecer as coisas a sua volta como formas geométricas. Tente tirar fotos de dez quadrados, depois de dez círculos, depois dez retângulos, depois de linhas paralelas… Isso fará com que seus olhos fiquem treinados e que você consiga fotos fortes visualmente com muito mais facilidade do que uma pessoa que ainda não procurou afiar o seu olhar.