Formas de se inspirar novamente | 11 – O exercício de “Não se Mexer”

posted in Artigos

Formas de se inspirar novamente | 11 – O exercício de “Não se Mexer”

Esse é parecido com o desafio da “uma quadra” – mas ainda mais restritivo.

Peguei esta ideia de Joel Meyerowitz em que ele dizia que costumava correr pelas ruas o dia inteiro atrás de “momentos decisivos” – mas descobriu que isso era uma perda de tempo (e de energia).

Então ele começou a fazer algo diferente: Ele encontrava uma esquina interessante e agitada (em que as pessoas passavam por ele em todas as 4 direções) e fica com o pé plantado e fotografava aquela esquina.

O benefício dessa tarefa é que quando você está parado em uma esquina, as pessoas começam a ter ignorar. Você se torna invisível. Não somente isso, mas as pessoas então andando no seu território – seu espaço. Você possui aquela esquina (como uma fotografo de rua).

Preferencialmente você deve fazer esse exercício por 30 ou 60 minutos. Também recomendo fazer isso durante a “Golden Hour” (nascer ou por do sol que é quando a luz fica bem legal e com grandes sombras). Fotometre para os highlights (assim suas sombras ficarão legais e pretas/escuras).

Esse exercício também te ensinará a ser paciente – a te fará compreender que você pode deixar os assuntos virem a você, ao invés de estar sempre tentando caçar seus assuntos.

Um texto de Erik Kim – Tradução livre por André Nascimento | Original em: http://erickimphotography.com/blog/2014/12/19/15-street-photography-assignments-re-energize-re-inspire/